Redes Sociais

Lazaro Ramos conta detalhes de sua infância no bairro da...

Em entrevista a apresentadora Cristiana Fernandes, Lazaro contou um pouco sobre...

Zumbido no ouvido atinge cerca de 28 milhões de brasileiros

Um aparelho de som na palma da mão faz parte da vida de todo mundo. Junto a...

Falta de doadores pode comprometer estoque de sangue do...

Durante a estação mais quente do ano, existe uma redução considerável para...

Salvador recebe debate sobre cultura do estupro

O evento que acontece no Centro Cultural de Plataforma, em Salvador, tem...

Selecione a forma de doação




OUTRAS FORMAS DE AJUDAR
Depósito Bancário: Bradesco
Conta: 9531-1
Agencia: 3646-3

Doações

Criamos, desenvolvemos e fomentamos conteúdos de qualidade, com responsabilidade social e cultural, ao tempo em que oportunizamos a inclusão e a geração de emprego e renda. A autonomia e a sustentabilidade fazem parte das nossas metas. Temos como objetivo proporcionar experiências memoráveis e inesquecíveis, levando informação e cidadania para comunidade. Somos a Rede TV Jovem um projeto de inclusão social, no qual cerca de 95% dos nossos jovens em Salvador são negros da periferia, estudantes da rede pública de ensino, com renda familiar percapta de até meio salário mínimo mensal. Temos atualmente três núcleos, um no Pelourinho que atende 200 beneficiários, um segundo na cidade baiana de Senhor do Bonfim, que atende 100 jovens e um terceiro na cidade de Irecê-Ba com mais 100 jovens. É um projeto de capacitação técnica através da realização de oficinas que contemplam a cadeia produtiva do audiovisual, ao tempo em que empoderamos o jovem para produção midiática, através de ações colaborativas e participativas, junto às comunidades já referenciadas.

Atuamos em rede na produção e difusão de conteúdos que envolvem diversos parceiros e veículos nacionais que distribuem nacionalmente as nossas produções: TV Educativa da Bahia (IRDEB), TV Brasil, Canal Futura, TV CNT, TV Câmara - Salvador-Ba, nas Redes Socais e Cine Clube TV Pelourinho (Programadora Brasil). 

Nos três núcleos do projeto ofertamos oficinas de Produção, Fotografia (câmera em movimento) e Edição.  Todo o conteúdo produzido em nossas oficinas é em formato livre por meio de suportes de mídia (áudio, imagem, texto, vídeo e multimídia) e são veiculados pelos referidos canais de distribuição. 

A nossa atuação articula comunicação com diversos temas transversais de interesse nacional: diversidade étnica, de gênero, inclusão social e produtiva, combate à pobreza, meio ambiente, promoção da cidadania, cultura. Em torno da nossa rede colaborativa, conseguimos agregar setores do arranjo produtivo do audiovisual, assim promovemos uma pauta nacional de inclusão, ao distribuir conteúdos através da nossa produtora social que finaliza todas as produções desenvolvidas pelos jovens das três comunidades onde atuamos.

Este projeto vem sendo realizado com sucesso desde 2008, já capacitou diretamente mais de 2.000 (dois mil) jovens baianos e proporcionou a produção de mais de 1.000 (mil) programas, interprogramas, mini docs, veiculados diariamente nas redes sociais e canais de televisão, que abrangem a Bahia e o território nacional. Os conteúdos são desenvolvidos por jovens das nossas oficinas, orientados por profissionais (professores) de notório reconhecimento público e capacidade técnica. 

Todos os produtos veiculados nas TVs abertas não possuem financiamento direto e subordinação editorial a empresas de comunicação legalmente constituídas ou com vinculação partidária. Somos convidados pelos veículos em função da relevância social do nosso conteúdo e temos inteira liberdade de expressão em nossos programas: Alô Pelô e Tudo que Há.

Em sua essência a Rede TV Jovem visa fomentar através de conteúdos audiovisuais a promoção de atividades que estimulam e integra a juventude e comunidades, a cultura, a arte e a criatividade, os saberes artísticos e educativos para a promoção do desenvolvimento humano. A formação proporciona ao jovem a oportunidade de especializar-se, ter uma profissão, o que possibilita a inserção social dos jovens, em situação de vulnerabilidade social, no mercado de trabalho e com isso promovemos a inclusão social e econômica através do audiovisual.  O Trabalho de formação técnica é desenvolvido ao tempo em que os jovens realizam intenso trabalho de produção de conteúdo.

Esta campanha tem como principal objetivo: Investir no futuro dos nossos jovens. E para isso queremos fazer uma parceria contigo para o crescimento deste projeto, precisamos comprar câmeras e equipamentos no segmento audiovisual, pois investir nessa tecnologia é um processo caro e requer custos para a sua manutenção, atualmente necessitamos de doações para a manutenção dos nossos projetos.