Redes Sociais

Lazaro Ramos conta detalhes de sua infância no bairro da...

Em entrevista a apresentadora Cristiana Fernandes, Lazaro contou um pouco sobre...

Zumbido no ouvido atinge cerca de 28 milhões de brasileiros

Um aparelho de som na palma da mão faz parte da vida de todo mundo. Junto a...

Falta de doadores pode comprometer estoque de sangue do...

Durante a estação mais quente do ano, existe uma redução considerável para...

Salvador recebe debate sobre cultura do estupro

O evento que acontece no Centro Cultural de Plataforma, em Salvador, tem...

Falta de doadores pode comprometer estoque de sangue do Hemoba

Durante a estação mais quente do ano, existe uma redução considerável do estoque de sangue do Hemoba. O declínio de doações causados principalmente pelo período de festas vai na contramão do aumento da demanda de pessoas que necessitam da doação de sangue no mesmo período.

Neste sentido a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (HEMOBA), tem feito campanhas para tentar reverter o declínio de doações nos períodos festivos.

O Dr. Marinho Marques, Hematologista explica a importância de um gesto simples e quantas vidas podemos salvar com apenas uma doação. “Esse é um gesto muito importante, a gente pode com ele ajudar a salvar até quatro vidas. A importância da doação de sangue ocorre porque o sangue, ele não pode ser produzido, então, para gente obter e puder atender as pessoas que estão nas emergências, que sofreram acidentes, que precisam fazer cirurgias de urgência a gente só conta com a doação das pessoas e só nós mesmos podemos mudar este quadro fazendo doação de sangue regular. ”

Se a baixa no estoque do banco de sangue é preocupante, a reserva do sangue de fator negativo é ainda mais complicada.  “Geralmente os grupos com fator negativo já são raros por uma característica genética da população, então os grupos: B negativo, A-B negativo, O negativo geralmente a gente tem mais um pouco de dificuldade de encontrar. ”

Para quem nunca doou, o doutor explica que o procedimento é muito simples “É feita uma entrevista, é checado o estado de saúde da pessoa, então essa pessoa só doa se ela for considerada apta nessa entrevista e habitualmente não há nenhum tipo de reação.  O doador precisa ter no mínimo 50 kg de peso, deve ter entre 16 a 69 anos de idade, deve vir com o documento oficial de identidade com foto, não serve o crachá da empresa, tem que ser um documento oficial de identidade e não ter tido febre, gripe nos últimos quinze dias que antecedem a doação, não ter tido hepatite após os 10 anos de idade. Então a gente precisa ter uma reserva pra atender um possível aumento de demanda.” Diz o Hematologista.

É importante ressaltar que o indivíduo menor de 18 anos deve estar acompanhado do responsável e pessoas com mais de 60 anos só poderão doar caso tenha doado antes dos 60 anos.

De acordo com informações da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (HEMOBA), para fazer a doação é preciso:

  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
  • Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação);
  • Não ingerir bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
  • Não fumar por pelo menos 2 horas.

Impedimentos temporários

  • Se você estiver gripado, resfriado, com febre, espere 15 dias após o desaparecimento dos sintomas;
  • Estar grávida;
  • Período pós-gravidez (90 dias para parto normal e 180 dias para parto cesariano);
  • Período de amamentação (durante os primeiros 12 meses);
  • Tatuagem e/ou piercing nos últimos 12 meses (piercing em cavidade oral ou região genital impede a doação);
  • Ter feito exames/procedimentos endoscópicos nos últimos 6 meses;
  • Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis; aguardar 12 meses.

Impedimentos definitivos

  • Quem teve diagnóstico de hepatite após os 11 anos de idade;
  • Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatite B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis.

Cuidados após a doação

  • Beber bastante líquido nas primeiras 24 horas e alimentar-se normalmente.
  • Não fumar nas primeiras 2 horas.
  • Não realizar esforço físico, esportes radicais ou atividade de risco.
  • Manter o curativo no local da punção por 4 horas;
  • Não fazer esforço com o braço em que realizou a doação.

Curiosidade sobre o sangue.

Uma gota de sangue contém em média 250 Milhões de células.

Um adulto possui cerca de 25 Milhões de glóbulos vermelhos, que atuam no sistema de defesa do organismo.  

O corpo produz intensamente glóbulos vermelhos em um ritmo de 180 Milhões por minuto.

O sistema circulatório de uma pessoa adulta tem aproximadamente 96.000 quilômetros de vasos sanguíneos. 

As células sanguíneas têm vida curta:

Os glóbulos vermelhos vivem em média 120 dias.

Enquanto os brancos duram uma semana.

As plaquetas, nove dias.

Essas células são produzidas e renovadas continuamente pelo nosso corpo.

Seu Oscar Santos, Pedreiro diz que sempre doa sangue, mas que hoje é um dia especial, doar para o irmão. “O que motiva é porque a gente ajuda alguém, sempre realizo este gesto de doar, e hoje, especialmente, para meu irmão.”

Eric Cirqueira, técnico em informática relata sobre a importância de doar sangue e também sobre a informação que poucas pessoas sabem. “Não só da importância, mas também da informação para a comunidade, as pessoas dos bairros próximos, elas não sabem dos procedimentos que são feitos para que salve uma vida.”

Repórter: Talvez ela não tenha nem noção do quanto isso pode ser importante.

“No primeiro andar, aqui do HEMOBA, é onde você encontra mesmo uma das maiores realidades que tem aqui no hemocentro que é em relação às famílias que vêm dos interiores da Bahia, atrás de uma bolsa de sangue e quando chega aqui, nem isso encontra. Então passa muitas horas, às vezes sem se alimentar, porque não teve dinheiro e vão embora pra tentar voltar outro dia, no mesmo horário, pra ver se consegue. E é importante saber também que se você doa sangue, você não salva uma, você salva três vidas. Isso é muito importante às pessoas saberem também.” Finaliza o técnico em informática.

Para fazer a doação o voluntario deve se dirigir a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (HEMOBA), Av. Vasco da Gama – Ladeira do Hospital Geral do Estado (HGE), Engenho Velho de Brotas.

Maiores informações acesse o site do Hemoba: www.saude.ba.gov.br

Para assistir a matéria completa em formato audiovisual, vá à aba programas e click em programa Tudo Que Há #32.

 

 Jorge Farias